segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Taken

Quem já viu o filme Busca Implacável ( Taken), com o Liam Neeson sabe que é um filme sempre a abrir. Ainda há poucos dias deu na tv e confesso que já vi o filme quatro vezes e não me canso.
A história centra-se no rapto da filha de um antigo operacional da CIA, em França por um grupo Albanês de tráfico de mulheres. O pai (Liam Neeson) tem uma janela de 96 horas para a encontrar até ela desaparecer de vez. A conclusão, uma data de cadáveres.
Este filme tem mais do que um gajo a partir tudo e a matar os mauzões todos.
Tem uma história que retrata a realidade sobre o tráfico de seres humanos dos países de Leste.
Custa a acreditar que este tipo de coisas aconteçam nos dias actuais. A verdade é que acontece e está a crescer cada vez mais, ao ponto desses grupos de crime organizado, normalmente oriundos da Moldávia, Albânia e outros da mesma zona geográfica, se estarem a expandir em todos os pontos da Europa, inclusíve em Portugal. Visam maioritariamente mulheres e crianças e traficam-nas para todo o mundo para prostituição, pornografia, correios de droga, tráfico de orgãos no mercado negro, entre outras coisas.
Não se ouve sequer nas noticias e a maior parte das pessoas desconhece que isto existe.

Falo neste filme porque além de gostar muito, estreia a continuação já esta quinta feira no cinema.
A não perder.

2 comentários:

  1. Por acaso não vi, dizem que é muito bom..é mais um que está na minha lista dos filmes "falta ver".. :)

    ResponderExcluir
  2. Eu ADOREI este filme. É pesado, sobretudo pelo tema que aborda e, precisamente, por sabermos que não é ficção. Isto acontece mesmo. Não quero perder a sequela.

    ResponderExcluir